Do Palácio ao Castelo

No âmbito do programa Pelos Trilhos do Património e da Natureza, a ADAL realizou, no dia 4 de Junho de 2017, o percurso Do Palácio ao Castelo.

Esta actividade contou com o apoio da CM Loures, que garantiu a visita guiada ao Palácio de Valflores, primeiro ponto do percurso e o que mais interesse suscitou no grupo de participantes que acompanhou atentamente os esclarecimentos e as explicações dadas pela técnica Ana Raquel Silva. Foi possível conhecer com detalhe o que se prevê concretizar na primeira fase do projecto de reabilitação e qualificação do palácio de Valflores, aprovado no pacto para o desenvolvimento e Coesão territorial da Área Metropolitana de Lisboa e enquadrado no POR Lisboa 2014/2020. Sendo a ADAL parceira da CM Loures neste processo, não podia deixar de inserir este exemplar da arquitectura civil do Sec. XVI, classificado como Imóvel de Interesse Público em 1982, mas que hoje se encontra em ruína.

O grupo foi depois visitar o Castelo de Pirexcoxe, típico paço senhorial que remonta ao Sec. XV, quando Nuno Vasques de Castelo Branco instituiu um morgadio no local.

Por último, foi altura de observar a oliveira bravia com mais de 2800 anos situada no Bairro da Covina, no que resta de um antigo olival próximo do castelo de Pirescoxe. A idade desta árvore foi determinada através de um método inovador de datação de árvores desenvolvido pela Universidade de Traz-os-Montes e Alto Douro. A Oliveira milenar do Bairro da Covina está integrada no grupo das Árvores monumentais de Portugal (ICNF). O seu perímetro mede, na base, 10,15 metros, a altura chega aos 4,40 metros e o diâmetro de copa tem 7,60 por 8,40 metros.

Vale mesmo a pena conhecê-la!

Registo fotográfico de alguns momentos: