Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2021 aprovado em Assembleia Geral

A ADAL reuniu em Assembleia Geral Ordinária no dia 15 de Dezembro, tendo sido aprovado o Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2021.

Ainda que cientes que a situação pandémica que marcou a vida de todos os cidadãos no corrente ano, à escala do planeta, afectou também a vida das organizações, em geral, e do Movimento associativo, em particular, o Plano de Actividades delineado assenta na esperança que as actividades presenciais possam ocorrer, ao contrário do que sucedeu desde Março de 2020.

A intervenção da ADAL para 2021 assenta em seis eixos:

  1. Consolidação associativa
  2. Comunicação
  3. Relações institucionais
  4. Parcerias e colaborações
  5. Programa Linha de Defesa
  6. Efemérides

A consolidação associativa deverá focar-se na captação de novos associados, na aproximação dos associados à actividade e aos órgãos e na recolha de fundos, quer por via de quotizações e donativos, quer de outros apoios financeiros, de que destacamos o que poderá resultar da candidatura aos apoios municipais.

A intervenção da ADAL ao longo do ano assume sobretudo um caracter de advertência relativamente a problemas verificados no território, nos domínios do Ambiente e do Património. Esta opção exige uma forte atenção aos aspectos da comunicação: dar a conhecer as causas que defendemos, as soluções que preconizamos, o desenvolvimento dado aos assuntos; informar sobre os recursos ambientais e patrimoniais e sensibilizar para a necessidade da sua defesa e preservação. É neste quadro que assume particular importância a permanente actualização do website e a edição mensal da folha informativa Linha de Defesa. A par, aproveitaremos todas as soluções e plataformas que contribuam para a divulgação da ADAL e das suas causas. Estabelece-se como propósito o alargamento dos destinatários não associados das comunicações electrónicas da ADAL, para que a informação que produzimos chegue a mais pessoas.

O contributo para a resolução de problemas verificados no território continuará a fazer-se de acordo com uma estratégia que privilegia as boas relações institucionais, onde à chamada de atenção e à crítica nunca deixaremos de sugerir soluções, procurando ser parte delas, numa postura de colaboração e de estabelecimento de parcerias, para as quais continuaremos disponíveis.

Acreditando que quanto melhor conhecermos os nossos recursos e o valor dos mesmos para o bem-estar geral, a ADAL continuará a desenvolver algumas actividades de grupo que proporcionem o conhecimento do território e dos seus valores ambientais e patrimoniais. O Programa Linha de Defesa tem precisamente esse objectivo e cumpre-se por via de um conjunto vasto de actividades como percursos pedonais, visitas, edição de informações e posições públicas e de exposições de bolso, elaboração de pareceres, prestação de informação sobre os desenvolvimentos verificados nos processos que acompanha com prioridade (causas) e os projectos que vivem da participação dos sócios e de outros cidadãos, Eco Alerta e Positivo e Negativo do Ano.

Sempre que se justifique, e por constituírem oportunidades para evidenciarem temas e problemáticas locais, será dada relevância a determinadas efemérides com relação directa ou indirecta aos mesmos.

JUNTE-SE a nós na defesa do ambiente e do património local!

ADAL elegeu os Órgãos Sociais para o mandato 2020 – 2024

A ADAL tem novos Órgãos Sociais, eleitos para o mandato 2020 – 2024 na Assembleia Geral eleitoral do passado dia 23 de Junho.

Os novos Órgãos darão continuidade à intervenção que a ADAL tem vindo a desenvolver no quadro do programa de acção Linha de Defesa, com ênfase para as acções de advertência e acompanhamento das causas da Associação, a par das acções de informação e sensibilização. A nível das relações institucionais, manutenção e eventual incremento de parcerias e participações externas que permitam reforçar a nossa dinâmica. Outro foco para o corrente mandato é a consolidação associativa, para a qual muito contribui a comunicação, assumindo uma importância significativa o diálogo com os nossos sócios e amigos.

Apresentamos a nossa equipa:

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente – Eduardo Brissos

Primeira Secretária – Florbela Estêvão

Segundo Secretário – Miguel Ferreira

DIRECÇÃO

Presidente – Isabel Rodrigues

Vice-presidente – Tiago Pratas

Secretária – Anabela Santos

Tesoureira –  Ana Paula Lopes

Vogal – Rui Pinheiro

CONSELHO FISCAL

Presidente – Ana Mata

Relator – Paulo Félix Rodrigues

Secretária – Ana Almeida

ADAL face à crise sanitária com o COVID-19

A ADAL- Associação de Defesa do Ambiente de Loures vê com preocupação a crise sanitária internacional e nacional provocada pelo novo coronavírus, designada COVID 19.

Declara, por isso, a sua confiança no Serviço Nacional de Saúde e nos profissionais de saúde do país, cuja competência, dedicação e capacidade de trabalho, serão o fulcro do combate ao vírus. Importa, por isso, que o governo não hesite e não demore a disponibilizar ao SNS todos os recursos que precisam e precisarão ser mobilizados para esta batalha, sem paralelo, nos tempos modernos.

Os exemplos dos restantes países, mostra abundantemente que o papel das organizações e dos indivíduos é crucial para travar, bloquear e reverter a disseminação. É essencial que se impeça a contaminação comunitária. É indispensável bloquear o vírus.

Nesse sentido, os Orgãos Sociais da ADAL decidem suspender toda a sua actividade presencial, enquanto estiver declarada a situação de estado de alerta ou outra similar, sustentada na visão das autoridades de saúde sobre a crise em decurso.

Assim, adiam-se também as Assembleias Gerais – ordinária e eleitoral – previstas para o dia 31 do corrente mês.

Logo que o país readquira condições sanitárias seguras, de imediato se retomarão as convocações e demais procedimentos indispensáveis.

Termina-se com um forte apelo a que todos, individual e colectivamente respeitemos as recomendações das autoridades de saúde, promovendo e praticando o isolamento social que permita o mais rápido possível regresso à normalidade sanitária.

Assembleia Geral Ordinária

Dia 31 de Março de 2020, às 20:30,
no auditório do Espaço A, na Casa do Adro, em Loures.

1-           Relatório e contas de 2019 – apreciação, discussão e votação

2-           Eleição do Positivo e Negativo de 2019 – Ambiente e Património

3-           Informações

4-           Apresentação e votação da acta