Relatório de Actividades de 2021

O ano de 2021 continuou a ser um ano de maiores dificuldades para o exercício normal do plano de acção da ADAL, tendo em conta a situação pandémica que se manteve, com maiores exigências nos primeiro e últimos trimestres do ano.

Continuaram, assim, muito afectados os contactos directos e as actividades em regime presencial, o que motivou, por exemplo, que a habitual Assembleia Geral de Março apenas tenha tido lugar em Maio.

Mantivemos particular atenção à actualização do website, canal privilegiado na relação com os associados e outros cidadãos interessados nos temas e nas causas da Associação.

Clique AQUI para ler o Relatório.

2021

O ano de 2021 continuou a ser um ano de maiores dificuldades para o exercício normal do plano de acção da ADAL, tendo em conta a situação pandémica que se manteve, com maiores exigências nos primeiro e últimos trimestres do ano.

Continuaram, assim, muito afectados os contactos directos e as actividades em regime presencial, o que motivou, por exemplo, que a habitual Assembleia Geral de Março apenas tenha tido lugar em Maio.

Mantivemos particular atenção à actualização do website, canal privilegiado na relação com os associados e outros cidadãos interessados nos temas e nas causas da Associação.

Clique AQUI para ler o Relatório.

2020

O ano de 2020 trouxe ao Movimento Associativo e à generalidade das organizações dificuldades e desafios inesperados, decorrentes da situação pandémica que afectou o país a partir do início do mês de Março. A ADAL foi igualmente “atingida”, sobretudo nas suas rotinas de contactos internos e de trabalho em equipa, bem como na concretização de toda a actividade com carácter presencial, designadamente a realização da Assembleia Geral Ordinária, para aprovação do Relatório e Contas de 2019, e a Assembleia Geral Eleitoral, que tiveram que ser adiadas de Março para Junho, bem como as iniciativas Pelos Trilhos do Património e da Natureza e Loures – um olhar por dentro, para além de outras duas actividades que estavam agendadas, no quadro de convites para participação
em sessões presenciais organizadas por outras entidades.


No contexto vivido, a necessidade de dinamização do website assumiu prioridade, razão pela qual se decidiu avançar com um processo de actualização dos respectivos conteúdos, de que decorreu uma despesa inicialmente não prevista, no capítulo da Comunicação.


Em todas as matérias relacionadas com advertências, encaminhamento e acompanhamento de alertas e participação dos munícipes na indicação de aspectos positivos e negativos que marcassem o território, não se verificaram quebras na actividade e na dinâmica habitual, mantendo-se o foco e as diligências no âmbito das grandes causas da ADAL, com destaque para Frente Ribeirinha do Tejo em Loures, Paul das Caniceiras, Convento Nossa Senhora dos Mártires e da Conceição dos Milagres – Sacavém, Canal do Alviela / Sifão de Sacavém e projectos Eco-Alerta e Positivo e Negativo do Ano.

Clique AQUI para ler o Relatório.

2019

No decurso de 2019 a ADAL focou-se particularmente em quatro causas – Convento de Nossa Senhora dos Mártires e da Conceição dos Milagres de Sacavém, Sifão do Alviela em Sacavém, Transportes Públicos e Mobilidade e Paúl das Caniceiras – não deixando de acompanhar as situações relacionadas com a Frente Ribeirinha do Tejo em Loures, a Quinta e Palácio de Valflores e o Aquedutos de Santo Antão do Tojal e Rua dos Arcos.


Outra matéria que mereceu particular atenção foi a comunicação, quer com os sócios, garantida de forma regular e consistente através da divulgação mensal do Boletim Linha de Defesa, quer com o público, por via do sítio na internet, por intermédio de Posições Públicas e através dos meios de comunicação, em especial, da Rádio Horizonte FM com quem se manteve uma estreita colaboração.

Clique AQUI para ler o Relatório.