Assembleia Geral aprova Plano de Actividades e Orçamento para 2022

A ADAL reuniu em Assembleia Geral Ordinária no dia 14 de Dezembro, tendo sido aprovado o Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2022.

Da avaliação que se faz do ano que agora termina, no decurso do qual ainda se verificaram importantes perturbações decorrentes da pandemia COVID19, mantemos a convicção de que, embora com algumas dificuldades e com a necessidade de lidar com factores imprevisíveis, teremos condições para dar continuidade ao que acreditamos ser essencial, no quadro dos objectivos genéricos da Associação, particularmente no que respeita às suas principais causas, mantendo um espírito construtivo na abordagem dos problemas e continuando a granjear a confiança dos associados, dos parceiros e da comunidade em geral.

A proposta de Plano de Actividades e Orçamento / 2022 que a Direcção da ADAL apresentou à Assembleia Geral Ordinária de 14 de Dezembro de 2021 organiza-se na habitual matriz construída em torno de seis eixos:

  1. Consolidação associativa
  2. Comunicação
  3. Relações institucionais
  4. Parcerias e colaborações
  5. Programa Linha de Defesa
  6. Efemérides

Na consolidação associativa, para além das actividades habituais, diligenciar-se-á no sentido de reatar o contacto com os associados que a campanha de actualização de dados efectuada em 2021 veio a evidenciar como estando há muito arredados do processo de comunicação regular com a associação. Consideramos de extrema importância concluir este processo e retomar a relação com os vinte associados identificados neste grupo. Por outro lado, consideramos uma prioridade a captação de novos associados.

Continuando a assumir que a intervenção da ADAL tem essencialmente um caracter de advertência relativamente quer às causas, quer aos problemas nos domínios do Ambiente e do Património que vão sendo identificados no território, a comunicação deve continuar a exigir-nos a maior atenção, dando a conhecer as causas que defendemos, as soluções que preconizamos e as diligências que tomamos, para além de informar regularmente sobre os recursos ambientais e patrimoniais do território e sensibilizar para a necessidade da sua defesa e preservação.

Mantemos a convicção de que o estabelecimento de relações institucionais assentes na confiança serão importantes contributos para a resolução dos problemas verificados no território pelo que continuaremos a privilegiar essa postura, com espírito crítico, construtivo e colaborativo.

Com o Programa Linha de Defesa, que integra um conjunto diversificado de actividades – percursos pedonais, visitas, edição de informações e posições públicas e de exposições de bolso, elaboração de pareceres, prestação de informação sobre os desenvolvimentos verificados no âmbito das causas e os projectos participativos, como o Eco Alerta e Positivo e Negativo do Ano – continuaremos a desenvolver, na medida das nossas disponibilidades e de acordo com o evoluir da situação pandémica, algumas actividades de grupo com caracter presencial que proporcionem o convívio e o conhecimento do concelho de Loures e dos seus valores ambientais e patrimoniais. 

Sempre que se justifique daremos relevância a determinadas efemérides associadas a temas e problemáticas locais, ou que, enquadrando-se numa escala de carácter nacional ou internacional, tenham alguma relação directa ou indirecta com a escala local.

JUNTE-SE a nós na defesa do ambiente e do património local!